apresentação


testo de bom dia


" Não quero ser na tua vida o início do fim, nem o fim de um começo, mas o início de um começo sem fim."

Bem Vindos

Bem Vindos ao Cantinho Poético
1

Autores Anônimos





Madrugada 16/02/08

Madrugada que entra sorrateira, trazendo com ela, a liberdade...
Liberdade de pensar, sentir, imaginar, sonhar, viver e, intensamente... AMAR .
Ah... madrugada, que ensina, que determina o dever, de me sentir RENASCER.
Ah... madrugada, fazes parte de minha vida, até o amanhecer.
Em ti, sinto ESPERANÇA de Crer... Ser, sinto que tudo posso, que tudo tenho, que tudo SOU, lá no íntimo do meu SER.
Ah... madrugada, companheira silenciosa, e que ao mesmo tempo, diz TUDO que necessito SABER, SENTIR e VIVER.
Ah... madrugada, somos UMA, somos UNA, até o adormecer, e novamente nos encontrarmos, quando um novo dia e noite, acontecer.
Ah... madrugada, como viver sem você, com o melhor de mim, de nós, do ETERNO... Ser!

Filha da Mata

 

Paz 17/02/08

Paz... palavra curta, que nos traz grande verdade.
Paz... muito falada e pouco sentida pelo Ser humano, em toda sua existência.
Muitos perguntam... como alcançar a Paz?
É simples... seja natural, faça sempre o melhor, seja bondoso/a, aja com sabedoria, benevolência, seja você mesmo/a, ame-se com verdade, intensidade e, aquilo que sentirá em seu cardíaco, aquela sensação de plenitude, é a Paz!
Paz... é também a proteção mental, o remédio para males do corpo e da Alma.
Paz... palavra curta, que nos mostra grande verdade, para que possamos caminhar, decidir, crescer e depois de tudo...EVOLUIR, caminhar rumo a FELICIDADE!!!
Paz... como posso ser Eu mesmo/a, sem conhecê-la e, trazê-la em meu Ser, em meu coração, e enviá-la em direção ao próximo.
Como falar da Paz, sem dizer sobre a integração, corpo, mente e espírito... o Equilíbrio da fusão.
Paz... és o sentimento, sensação mais pura e terna, que podemos ter, para que possamos... SER!
Ser com integridade, amor, realidade e afinidade, com nossos irmãos na Luz, no caminhar para a ETERNIDADE!

Filha da Mata



Filha da Mata

Filha da mata
guerreira da verdade
viajante das estrelas
com sabedoria a tua arte
desvenda mistérios
vestida de sonhos,
seu caminho é a natureza
de tuas palavras..
Entre seres invisíveis
e vagalumes
construístes tua tenda
de sonhos onde a sabedoria
te visita para abençoar
teus sonhos
Filha da mata
amante da paz que reina
na natureza onde teus pensamentos
voam pra pousar no horizonte
de teu amor...
Filha da mata
força encantada
que atrai a beleza da natureza
onde o som do luar
penetra em teu pensamentos
para abençoar o teu dom...

Rogério Miranda
poeta da paz


Luz 25/07/08

Luz que conduz... luz que reluz
que vem , do meu...Ser.
Luz da essência... luz que alimenta
um novo, Alvore...Ser.
Luz do amor... luz com calor
que me ensina, viver .
Luz da esperança... luz da criança
que me faz, Crer...Ser.
Luz da bondade... luz da verdade
que vem, me Enrique...Ser.
Luz no caminho... luz que alumia
um novo, Amanhe...Ser.
Luz do saber... luz do querer
para tudo...Ser.
Luz que me faz Luz... luz do viver
Resplande...O...Ser.
Luz de minh' Alma... luz que me acalma
e me faz, Eterna...e...ternamente...Ser!
  
Filha da Mata




AMAR


Amar, para poder viver,
Para se dissipar o sem sentido de se viver por viver.
Amar por quê? 
Para não adoecer, para que, ao final; possa-se dizer:
Valeu a pena, por que amar é crer.
Por que amar?
Para não se entristecer,
Para não se perder a alegria de viver.
Amar por quê? 
Para poder perdoar e esquecer,
Para voltar a sorrir, para lutar e vencer.
Por que? 
Para se conhecer a Deus, nosso primeiro amor, Nosso maior amor, nosso Grande amor,
Acima de todo amor, origem de todo amor,
Fim de todo amor, eternidade de amor.
Amar por quê? 
Para não fenecer, para não murchar,
Para não regredir, para não desfalecer.
Amar para se lembrar e também para esquecer.
Por que amar? 
Para chorar e sorrir, para plantar e colher.
Amar por quê ? 
Para caminhar, para se merecer, para se enternecer.
Amar para olhar e conhecer.
Por que amar? 
Amar para não morrer.
Porque os que não amam já morreram, Permaneceram mortos.
Perambularam sem saber como nem por quê.
Amar por quê? 
Para confiar, para não se entregar, mas se integrar.
Amar porque Deus é amor e isso basta.

Desconheço a Autoria



Felicidade 05/02/08

Ah... se eu pudesse à humanidade,
trazer felicidade...
Palavra tão simples, mas que na verdade,
foge do alcance da realidade...
Todos a procuram, fora de si,
esperando que a alegria do céu caia...
Sem entender, que ao procurar se conhecer,
ela está, dentro do seu próprio Ser.
Ah... se eu pudesse à humanidade,
trazer felicidade...
De tão esperada, escorre entre os dedos,
sejam brancos, amarelos ou negros...
Necessidade traz, a quem nela acredita
e confia, que em todos, ela habita...
Se permitido fosse, entregaria a você em seu
nascimento, mas depende de sua fé, e de seu merecimento...
Ah... se eu pudesse à humanidade,
trazer felicidade!

Filha da Mata


AVE FENIX


Sou como a mitológica Ave Fênix.
Pois tenho um grande fogo que arde dentro de meu coração, cheio de paixão, desejo, amor e esperança.
Com milhares de idéias e perseverança para que elas se realizem.
Sou como a ave mitológica, pois quando pareço não ter mais forças renasço das cinzas e incendeio a tudo e a todos com força e esperança.
Esta força que nasce de dentro e se espalha, mostrando como não devemos desistir de nossos amores, ideais e lutas.
Posso cair mil vezes mais mil vezes irei levantar e das cinzas ressurgirei cada vez mais forte e cada vez mais dono de mim, e com certeza que estarei a cada passo mais perto da felicidade.
Posso até errar, mais poderei me levantar e mudar tudo para melhor, porque sou único neste mundo, e tenho a obrigação de ajudar a fazer a vida ser algo melhor não só para mim mais para todos que me rodeiam.

Odair S. Rodrigues


Um comentário:

  1. Que lindo esse Mago que vem dar seu recadinho. Esse papiro de plano de fundo ta lindo. Vocês estão de parabéns Arlete e Guerreira. Adorei o site e agradeço pelo convite. Amor e Pax. Bjs Ana Cláudia

    ResponderExcluir

**************Seja Bem Vindo(a)! Deixe seu comentário ou sugestão. Obrigada